Loading...

Você sabe identificar uma roupa bem feita?

Encontrar roupas de alta qualidade, que sejam resistentes ao tempo e ainda sigam padrões de sustentabilidade pode ser um verdadeiro desafio. Felizmente, existem várias maneiras de ficar na moda e ter a segurança de que aquele amado vestido vai durar até a próxima estação.

voce-sabe-identificar-roupa-bem-feita

Esqueça os nomes das marcas e os preços. Eles não lhe dizem nada sobre a qualidade de uma roupas. A melhor abordagem é aprender a identificar sinais de um trabalho bem feito e se fazer algumas perguntas-chave durante as compras.

Deixe que suas mãos te guiem

Há uma variedade de tecidos no mundo, desde os mais fininhos, como uma peça de seda, até os mais grossos, como lã e jeans. Mas a maior frustração de quem investe em roupas é perceber que após a primeira lavagem, o produto mudou de cor, diminuiu o tamanho ou apresenta um aspecto puído.

Uma calça, vestido e blusa devem ser firmes o suficiente para resistir ao uso regular, especialmente se você tiver um guarda-roupas minimalista. E o toque é uma das formas mais eficientes de avaliar um tecido.

Envolva-o sobre sua pele, acaricie, sinta sua consistência. É elástico, áspero, macio, liso, quebradiço? Um tecido não precisa necessariamente ser pesado para ser bom, mas é importante ter densidade. Se os fios estiverem compactados, há uma maior probabilidade de resistir ao tempo.

Examine os detalhes

Um dos principais indícios de que uma roupa tem boa qualidade é a costura. Quanto mais apertada, menores são as chances dos pontos se desfazerem. Ela também deve ser reta e uniformemente espaçada.

Não observe apenas o lado de fora da roupa, investigue seu interior, também. Examine a bainha e o detalhe da virilha, por exemplo. Confira se há pontos soltos ou várias costuras. Se o acabamento parecer desleixado é um sinal de que a peça foi feita de forma apressada e não com a qualidade em mente.

Fique atenta à etiqueta de manutenção. Evite cuidados exigentes, como limpeza à seco obrigatória. À longo prazo isso se tornará caro e irritante. Seja realista sobre o tempo que você está preparada para destinar as suas roupas, especialmente se sua rotina é atribulada.

Qual o preço dessa roupa?

Seja sincera consigo mesma, se você quiser comprar uma roupa de boa qualidade, provavelmente terá que pagar um pouco mais por ela. Considere gastar o suficiente hoje para ser compensada com um produto durável amanhã.

Roupas baratas demais têm esse preço por dois motivos. Ou o tecido é pobre ou a mão de obra é mal remunerada. Para baixar o preço, um desses dois fatores sairá prejudicado e ninguém aqui quer contribuir de forma passiva com trabalho fruto de exploração, não é mesmo?

Mas há uma advertência: embora um item barato seja de baixa qualidade, um preço muito alto não significa necessariamente um material de primeira. Aqui vale também o bom senso.

Uma boa dica é conhecer a história e o processo de produção das marcas que você gosta e verificar comentários de clientes nas redes sociais.

A Inaá, por exemplo, mantém um canal aberto com suas consumidoras e a opinião delas pode ser facilmente conferida no Instagram.

Por último, mas não menos importante…

Para que essa roupa dure, você terá que realmente gostar do seu estilo. Então evite fazer compra por impulso. Faça a si mesma perguntas simples como “Posso usar isso com outra coisa?” (Uma boa regra é comprar peças que combinem com pelo menos outros três itens do seu armário).

Em seguida reserve um tempinho para analisar o tecido e a reputação da marca que você escolheu. Comprar de forma inteligente pode ser desafiador no começo. Mas eu te garanto, investir nesse esforço valerá muito a pena.

 

Por Camila Marinho Monteiro

2018-06-09T13:23:29+00:00 junho 9th, 2018|Dicas|1 Comentário

Um Comentário

  1. Yasmin 10/06/2018 em 10:12 - Responder

    Gostei, muito interessante!!!

Deixar Um Comentário